Solo: o que é, função, composição, formação, tipos - Brasil Escola (2023)

Solo é a camada que recobre a superfície terrestre. Os solos são corpos formados por meio do intemperismo químico e do intemperismo físico das rochas, sendo constituídos essencialmente por minerais, matéria orgânica, água e ar, além de pequenos animais e micro-organismos. Os componentes do solo estão dispostos em camadas chamadas de horizontes. O desenvolvimento de um perfil de solo varia consideravelmente de região para região, dependendo diretamente de aspectos como clima, disponibilidade hídrica, rocha-mãe e topografia.

Veja também: Formas de degradação do solo

Tópicos deste artigo

  • 1 - Resumo sobre solo
  • 2 - Videoaula sobre solo
  • 3 - O que é solo?
  • 4 - Qual a função do solo?
  • 5 - Formação do solo
  • 6 - Qual a composição do solo?
  • 7 - Quais são os tipos de solo?→ Solo arenoso→ Solo siltoso→ Solo argiloso→ Solo orgânico
  • 8 - Classificação do solo
  • 9 - Qual a importância do solo?
  • 10 - Solo no Brasil
  • 11 - Exercícios resolvidos sobre solo

Resumo sobre solo

  • Solo corresponde à camada de material inconsolidado que recobre a superfície terrestre.

  • Os solos são resultantes do intemperismo da rocha e da ação de micro-organismos.

  • Trata-se de uma estrutura dinâmica e em constante transformação.

  • A pedogênese, o processo de formação dos solos, ocorre por meio da dissolução química e da desagregação mecânica das rochas.

  • A composição dos solos é feita de minerais, matéria orgânica, água e ar. Eles podem conter ainda pequenos animais e micro-organismos.

  • Os solos são formados por diferentes horizontes, suas camadas.

  • Podem ser do tipo arenoso, siltoso, argiloso ou orgânico.

  • Identifica-se, no Brasil, a presença de 13 classes de solo, segundo a Embrapa.

  • Os argissolos, os latossolos e os neossolos são os solos mais presentes no Brasil.

  • Os solos são importantes para a sustentação da vegetação e das atividades humanas, sendo parte fundamental dos ecossistemas e dos ciclos biogeoquímicos terrestres.

Videoaula sobre solo

O que é solo?

Solo pode ser definido como um corpo dinâmico de origem mineral e orgânica formado por material inconsolidado (ou friável) que reveste a superfície do planeta Terra. Os solos são o produto direto da ação dos agentes intempéricos sobre as rochas, sendo constituídos pela ação lenta e continuada das águas, dos ventos, da variação de temperatura e também dos animais e micro-organismos.

A composição e a estrutura de um solo variam consideravelmente de acordo com a sua rocha de origem e ainda de região para região, a depender da disponibilidade hídrica e do regime de temperaturas. Dessa forma, a característica de um perfil de solo é compatível com o clima da região onde ele se formou. A morfologia dos terrenos, isto é, seu relevo, também interfere na dinâmica dos solos.

Qual a função do solo?

Os solos são estruturas que apresentam múltiplas funções. Listamos abaixo algumas das suas principais funções.

  • Manutenção do equilíbrio ambiental por meio da sua participação nos ciclos biogeoquímicos (da água, do nitrogênio, do carbono etc.) que acontecem na natureza.

    (Video) Solos - Brasil Escola

  • Sustentação dos mais variados tipos de cobertura vegetal, desde florestas a estepes, o que faz com que se tornem também importantes reservatórios de nutrientes e minerais.

  • Fornecimento de recursos naturais para os seres humanos.

  • Base para o desenvolvimento de atividades econômicas, como a agricultura e a pecuária.

  • Armazenamento e circulação de água.

  • Proteção da rocha-mãe.

  • Habitat para milhares de formas de vida que compreendem de pequenos animais a micro-organismos.

  • Fundação para as obras de infraestrutura e edificações.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Formação do solo

A formação dos solos tem início por meio da decomposição química e desestruturação mecânica de uma camada de rocha, que, então, passa a ser chamada de rocha-mãe ou rocha matriz, uma vez que é ela quem dá origem ao perfil de solo. Dá-se o nome de pedogênese ao processo de formação de um solo.

A transformação do corpo rochoso recebe o nome de intemperismo, que, no caso em questão, se dá tanto na sua forma química quanto física. Na primeira, há a modificação dos minerais presentes na rocha; enquanto a segunda é caracterizada fragmentação e divisão dela em pedaços menores. A constituição de um perfil de solo somente é possível porque o material intemperizado não é transportado para outros locais, ou seja, ele permanece sobre a rocha de origem.

A formação do solo é um processo muito lento que decorre na escala de tempo de milhares de anos. O desenvolvimento de somente 2,5 centímetros de um solo leva de algumas centenas até dois mil anos.|1| É importante ressaltar, no entanto, que essa é somente uma estimativa que pode variar de acordo com vários fatores, principalmente o tipo de rocha e a ação dos agentes intempéricos.

Qual a composição do solo?

A composição química de um solo varia de acordo com a localidade onde ele se formou e com a sua rocha-mãe. No entanto, todos os perfis de solo apresentam determinados elementos em comum que, em geral, constituem materiais orgânicos e materiais inorgânicos. Levando isso em consideração, podemos afirmar que todos os solos apresentam em sua composição:

  • minerais (a maior parcela de seus componentes);

  • água;

    (Video) FORMAÇÃO E COMPOSIÇÃO DO SOLO

  • ar;

  • matéria orgânica.

Os materiais que compõem um solo estão dispostos por meio de camadas que recebem o nome de horizontes. O número de horizontes presentes em um solo não é o mesmo para todos, e a sua variação acontece em função do tempo de desenvolvimento daquele perfil.

Quando bem desenvolvidos, os solos apresentam, pelo menos, quatro horizontes, os quais descrevemos abaixo.

  • Horizonte O: é o horizonte orgânico do solo, representa a camada superficial formada por matéria orgânica e água. Apresenta coloração mais escura do que os demais horizontes.

  • Horizonte A: camada formada por minerais e matéria orgânica, o que lhe confere também uma coloração escura.

  • Horizonte B: camada formada por nutrientes lixiviados das camadas superiores do solo e outros minerais decorrentes da decomposição química da rocha. É mais espesso que os horizontes superiores, e a presença de matéria orgânica é muito baixa.

  • Horizonte C: corresponde ao horizonte de transição entre a rocha-mãe e as demais camadas do solo. Apresenta minerais decorrentes do intemperismo químico e também fragmentos da rocha original, produto do intemperismo químico. Não apresenta matéria orgânica.

Importante: Algumas classificações nomeiam ainda o Horizonte R, que corresponde à rocha-mãe.

Solo: o que é, função, composição, formação, tipos - Brasil Escola (1)

Quais são os tipos de solo?

Uma das maneiras de se determinar os diferentes tipos de solo é de acordo com a sua granulometria (diâmetro dos grãos nele presentes) e composição. Com base nesses critérios, existem quatro tipos de solo.

→ Solo arenoso

Os solos arenosos são formados predominantemente por areia — grânulos que possuem entre 0,05 mm e 2 mm de espessura. São porosos, bastante frágeis e apresentam baixa fertilidade química.

→ Solo siltoso

Os solos siltosos são formados por materiais com espessura entre 0,002 mm e 0,05 mm, o que caracteriza uma granulometria intermediária entre a areia (mais grossa) e a argila (mais fina). Apresentam uma característica em comum com os solos arenosos: a sua suscetibilidade à erosão, uma vez que são constituídos por material com elevado nível de desagregação.

→ Solo argiloso

Os solos argilosos são formados por materiais muito finos, com espessura igual ou inferior a 0,002 mm. Trata-se de um solo pouco poroso que tem uma capacidade muito grande de armazenar água, embora sua permeabilidade seja menor do que a dos demais tipos apresentados.

→ Solo orgânico

Os solos orgânicos são muito férteis, constituídos por um horizonte rico em nutrientes e matéria orgânica. São chamados também de solos húmicos devido à presença do horizonte com o mesmo nome.

Classificação do solo

A classificação dos solos não é uma constante nos estudos sobre o solo no mundo. Isso acontece porque, como vimos, a sua formação e composição depende de fatores associados à localização, ao clima, à estrutura geológica e à biota.

(Video) SOLO: Definição, composição e classificação.

No Brasil existe um sistema oficial de classificação estabelecido pela Embrapa, o Sistema Brasileiro de Classificação de Solos (SiBCS). Abaixo listamos as principais classes de solos e apresentamos a principal característica que os diferencia dos demais.

Classe

Característica principal

Argissolo

Profundo e bem desenvolvido, com a presença de argila no horizonte B.

Cambissolo

Raso e em desenvolvimento, com horizonte B incipiente.

Chernossolo

Apresenta horizonte A rico em matéria orgânica e nutrientes, com B desenvolvido ou incipiente.

Espodossolo

Arenoso e ácido, com a presença de um horizonte E e coloração clara.

Gleissolo

Com elevada saturação de água e rico em matéria orgânica.

Latossolo

Profundo e bem desenvolvido, com baixa fertilidade química.

Luvissolo

Raso e formado por alto teor de argila, com camadas superiores lixiviadas.

Neossolo

Ainda em desenvolvimento, dispondo de características da rocha matriz.

Nitossolo

Argiloso, bem desenvolvido, com a presença de cerosidade.

Organossolo

Rico em matéria orgânica.

Planossolo

Horizonte B argiloso e pouco permeável, situado sob um horizonte A arenoso.

Plintossolo

Com alta concentração de ferro, que condiciona a formação de nódulos.

Vertissolo

Argiloso e que tende a se dilatar na estação mais quente do ano (presença de argila expansiva).

Qual a importância do solo?

Revestindo grande parte da superfície terrestre, o solo desempenha papel fundamental na sustentação da vida e das atividades humanas. É nele que se fixam as edificações e a infraestrutura (as rodovias, os viadutos, os postes elétricos, as ferrovias e várias outras redes), além desse substrato oferecer nutrientes para o desenvolvimento dos cultivos agrícolas e muitos dos recursos naturais importantes para a nossa economia, como os minerais.

Os solos são muito importantes para a manutenção da vida no planeta, visto que, além de sustentarem a vegetação e parte da fauna, eles próprios consistem em um amplo e diverso ecossistema. Não somente isso, os solos realizam a renovação de nutrientes periodicamente como parte de sua função nos ciclos biogeoquímicos do nosso planeta. Por essa razão, o manejo adequado dos solos se torna tarefa tão importante para a manutenção do equilíbrio dos sistemas naturais e, por conseguinte, para a preservação do meio ambiente.

Solo no Brasil

A variabilidade climática das regiões brasileiras proporcionou ao país o desenvolvimento de uma ampla variedade de solos, listada anteriormente ao citarmos o SiBCS. Entretanto, três tipos de solos são predominantes no território nacional, que são os:

  • argissolos;

  • latossolos;

  • neossolos.

De acordo com a Embrapa,|2| os argissolos constituem 24% da superfície brasileira, embora cubram uma área menor em extensão do que os latossolos. Em conjunto, latossolos e argissolos recobrem 58% da área brasileira. Ambos são muito bem desenvolvidos e se encontram em diversas regiões do país.

Apesar da sua profundidade e boa estrutura, são solos pouco férteis em termos de disponibilidade de nutrientes. Os neossolos, por sua vez, estão presentes em somente 15% da extensão do país, e são mais recorrentes em áreas com climas mais secos.

Acesse também: Degradação do solo no Brasil

Exercícios resolvidos sobre solo

Questão 1

(Unicamp) Solo é a camada superior da superfície terrestre, onde se fixam as plantas, que dependem de seu suporte físico, água e nutrientes. Um perfil de solo é representado na figura abaixo. Sobre o perfil apresentado é correto afirmar que:

Solo: o que é, função, composição, formação, tipos - Brasil Escola (2)

A) O horizonte (ou camada) O corresponde ao acúmulo de material orgânico que é gradualmente decomposto e incorporado aos horizontes inferiores, acumulando-se nos horizontes B e C.

B) O horizonte A apresenta muitos minerais não alterados da rocha que deu origem ao solo, sendo normalmente o horizonte menos fértil do perfil.

(Video) O QUE É O SOLO?

C) O horizonte C corresponde à transição entre solo e rocha, apresentando, normalmente, em seu interior, fragmentos da rocha não alterada.

D) O horizonte B apresenta baixo desenvolvimento do solo, sendo um dos primeiros horizontes a se formar e o horizonte com a menor fertilidade em relação aos outros horizontes.

Resolução:

Alternativa C

Como a própria imagem nos mostra, o horizonte C é aquele localizado entre a rocha-mãe e as demais camadas de solo, desempenhando o papel de uma faixa de transição entre elas. Por essa razão, identifica-se a presença de fragmentos de rocha ainda inalterados pelo intemperismo químico em sua extensão.

Questão 2

(Uece) Os solos são o produto da desagregação das rochas pelos processos físicos, químicos e biológicos, sendo constituídos, do ponto de vista pedológico, por matéria mineral, ar, água, matéria orgânica e atividade biológica. Os latossolos são solos

A) pouco evoluídos, com ausência de horizonte B.

B) altamente evoluídos e ricos em argilominerais.

C) essencialmente orgânicos.

D) derivados de rochas calcárias.

Resolução:

Alternativa B

Os latossolos são um dos solos mais comuns do Brasil. Eles são caracterizados pela grande evolução vertical, sendo muito profundos, com baixo teor de nutrientes e bastante intemperizados, com a presença de argilominerais.

Notas

|1| CONTI, José Bueno; FURLAN, Sueli Angelo. Geoecologia: o clima, os solos e a biota. In: ROSS, Jurandyr L. Sanches. (Org.). Geografia do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2019. 6 ed. 3 reimp. (Didática; 3). P. 67-208.

(Video) Composição do solo

|2| EMBRAPA. Os solos do Brasil. Embrapa, [2011]. Disponível aqui.

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Videos

1. FORMAÇÃO DO SOLO - HORIZONTES DO SOLO, ROCHA, SOLOS JOVENS, SOLO MADURO
(Quadro Livre)
2. Composição do solo
(Luana Freire)
3. TIPOS DE SOLO - Ensino Fundamental
(Fãs da Mente)
4. Solos (Pedologia) - Aula completa | Ricardo Marcílio
(Professor Ricardo Marcílio)
5. Solo: Formação, Tipos e Características | CIÊNCIAS | Ensino Fundamental
(Eu Adoro Ciência!)
6. Conhecendo o Solo
(Marcelo Lima)
Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Greg O'Connell

Last Updated: 12/26/2022

Views: 5843

Rating: 4.1 / 5 (62 voted)

Reviews: 93% of readers found this page helpful

Author information

Name: Greg O'Connell

Birthday: 1992-01-10

Address: Suite 517 2436 Jefferey Pass, Shanitaside, UT 27519

Phone: +2614651609714

Job: Education Developer

Hobby: Cooking, Gambling, Pottery, Shooting, Baseball, Singing, Snowboarding

Introduction: My name is Greg O'Connell, I am a delightful, colorful, talented, kind, lively, modern, tender person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.